segunda-feira, 28 de janeiro de 2019


Os festejos de São Sebastião na Paróquia de Ipu, que tem o santo como padroeiro, já tem caráter tradicional há muitos anos. São 174 anos de Festa ininterrupta, o que fez com que a Paróquia ganhasse um selo comemorativo em parceria com os Correios, evento este, que tem relevância nacional.


A festa do padroeiro contou com algumas programações que já são esperadas pelos paroquianos, dentre elas, a Cavalgada de São Sebastião, em que cavaleiros e amazonas percorrem as ruas da cidade fazendo menção ao Santo Mártir; a Pedalada pela Paz, que vem acontecendo há sete anos, momento em que os paroquianos fazem um percurso pela cidade através de ciclismo, apelando por Paz; a participação da Banda Municipal, que dar toda uma característica solene à Festa de São Sebastião; a realização da Alvorada, que neste ano teve queima de fogos em todas as Capelas e bairros da cidade, todos acontecendo no mesmo horário do amanhecer, em torno de 5h30 e ainda, a Procissão com a imagem de São Sebastião no último dia. Todas essas programações trazem grande movimentação à Paróquia e à cidade, despertando a fé dos paroquianos e visitantes. É neste período também, que os filhos da terra costumam retornar a sua cidade natal para participar dos festejos.

Durante as novenas e missas, padres de outras paróquias foram convidados e o encerramento aconteceu com uma missa presidida pelo nosso Bispo Diocesano Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos. Neste ano, a festa contou com a presença dos padres:  Pe. Francisco Alves Magalhães - Paróquia de Nossa Senhora da Saúde de Frecheirinha; Pe. João Batista Nery – Paróquia de Santo Antônio de Cariré; Pe. José Elmir Gomes – Nossa Senhora da Piedade de Coreaú; Pe. Lucas do Nascimento Moreira – Paróquia de São José de Sumaré, Sobral; Pe. Eufrásio da Silva Filho - Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro de Reriutaba; Pe. Manoelito Quinto Vieira – Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro de Pires Ferreira; Pe. Raimundo Natálio do Nascimento - Paróquia de Nossa Senhora das Graças, Diocese de Duque de Caxias - RJ, ele que costumeiramente visita à Paróquia neste período e por fim, Pe. Raimundo Nonato Timbó de Paiva - Paróquia de São Manuel de Marco e que por 17 anos foi pároco em Ipu. E é claro que a festa contou também com a participação e organização de seu pároco e vigário atuais, Pe. João Batista Rodrigues de Vasconcelos e Pe. Fábio de Sousa Barbosa.

O tema geral da festa neste ano foi "São Sebastião, protetor dos que vivem a fé" e teve toda a espiritualidade voltada a essa temática, com subtemas diários que se relacionavam com os Evangelhos, fato que proporcionou uma excelente coerência durante as homilias e reascendeu a fé daqueles que participaram dos festejos, o que pode ser observado através do testemunho da paroquiana Samylia Mayra: "Iniciar o ano com a festa do Nosso Santo Padroeiro é uma bela forma de vivificar a nossa fé. E nesse ano, em que o tema central fez referência à fé, pude abrir ainda mais o meu coração à Palavra de Deus. A cada novena, a cada música tocada na Santa Missa e a cada homilia foi possível preencher-me ainda mais da fé transmitida por São Sebastião, santo este, que colocou sempre Deus acima de tudo e não renegou sua obediência a Cristo Jesus, diante das adversidades que lhe foram condicionadas. De modo particular, essa festa foi uma grande graça, pois pude participar de todas as celebrações, recebi a imagem do Padroeiro em minha residência e recebi o sacramento da confissão." (Samylia Mayra da Costa Siqueira, paroquiana de São Sebastião de Ipu).

A Festa de São Sebastião não só proporcionou envolvimento e participação dos paroquianos e visitantes, como incentivou um trabalho mútuo por partes dos grupos e pastorais, que não mediram esforços para realizar uma bela Festa em homenagem ao santo mártir, trazendo, pois, unidade no serviço pastoral.

E como foi citado no início, a Paróquia de São Sebastião de Ipu foi presenteada com um selo em parceria com os Correios, em comemoração aos 174 anos da presença ininterrupta de padres na cidade, celebrando os festejos de São Sebastião. Sendo que, este evento é considerado nacional, dando assim, reconhecimento também nacional à Festa de São Sebastião de Ipu. O selo e o carimbo comemorativo serão utilizados nas correspondências da cidade durante 30 dias, findando este período, o selo irá compor o acervo do Museu Nacional dos Correios, em Brasília. Essa solenidade aconteceu no dia 20 de janeiro, encerramento da Festa. E contou com a representação do Governo Municipal na pessoa do Exmo. Senhor Prefeito Carlos Sérgio Rufino Moreira, com as Secretarias de Turismo e Educação e com senhor Mirialdo Faustino Beserra, gerente da Região de Atendimento 3, representando o senhor superintendente dos Correios no Ceará, Érico Jovino Sales.

Por fim, o nosso Bispo Dom Vasconcelos saudou a Paróquia neste momento tão importante de visibilidade, dizendo: "O selo tem um significado (...). É um símbolo de autenticidade, sinal de fidelidade e segurança. Quando a Companhia Nacional dos Correios e Telégrafos reconhece que a Festa de São Sebastião do Ipu merece um selo, está dizendo que nesta festa existe autenticidade, fidelidade e segurança, que tudo isso se perpetue por todo o sempre!" (Dom. Vasconcelos). E de fato, essa festa proporcionou uma experiência de fé autêntica, fiel e segura com a Pessoa de Jesus Cristo, através da intercessão do jovem santo mártir São Sebastião. In: Ipu Notícias.

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Academia Ipuense de Letras Ciências e Artes comemora 13 anos de sua fundação

                                     



A Academia Ipuense de Letras Ciências e Artes (AILCA), realizou na sua sede na noite da última sexta-feira (18/01) na Casa Osvaldo Araújo, uma solenidade alusiva aos 13 anos de sua fundação. 

O momento teve o brilho sócio artístico cultural, bem característico dos organizadores através da diretoria "IMORTAIS SÃO AS OBRAS". Foi uma noite memorável de alto nível cultural. Parabéns à AILCA e ao povo ipuense.  Fonte: IN.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

AFAI promove a 17ª Festa do Reencontro no Quadro da Igrejinha

                         


Pelo 17º ano consecutivo a Associação Filhos e Amigos de Ipu - AFAI realizou no Quadro da Igrejinha, mais uma tradicional "Festa do Reencontro", que contou com a massiva presenças de ipuenses que residem foram e dentro do município. Além de autoridades do município

A novidade desse ano foi uma ação solidária com arrecadação de alimentos não perecíveis, que foram doados para os Projetos Sociais desenvolvidos pela Paróquia do Ipu. Durante o evento a Igrejinha do Quadro esteve aberta para visitação.

Outra ação foi a distribuição de quatrocentos sacos para coleta de lixo entre os participantes da festa. As atrações musicais todas de músicos ipuenses ficaram por conta da Banda Novo Som Maior, o sanfoneiro Carlinhos Sampaio e Raízes do Forró e Carlos Gil. Fonte: In.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Ceará deve ter chuvas em torno da média em 2019, aponta prognóstico da Funceme

O Ceará deve ter chuvas em torno da média em 2019, de acordo com prognóstico apresentado pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) na manhã desta sexta-feira, 18. A previsão é para o período de fevereiro a abril, os três principais meses da quadra chuvosa, que abrange também o mês de maio.

Segundo a Funceme, o Ceará tem 30% de probabilidade de chuvas acima da média, 40% de chuva em torno da média e 30% de chuvas abaixo da média.

O indicativo, conforme o prognóstico, é de redução das chuvas ao longo dos meses de quadra chuvosa. Além disso, a previsão é de chuvas acima do normal no Norte do estado e abaixo do normal no sul.

O prognóstico é válido para os meses de fevereiro, março e abril deste ano. Os meses são os três primeiros e os mais importantes da quadra chuvosa, que termina em maio. O anúncio do prognóstico foi apresentado pelo presidente da Funceme, Eduardo Sávio. Os secretários Élcio Batista, da Casa Civil, e Francisco Teixeira, do Recursos Hidrícos, acompanharam a divulgação. 

A reserva hídrica do Ceará conta com 1,95 bilhão de metros cúbicos de água, o que corresponde a 10,5% da capacidade total de abastecimento - 18,6 bilhões de metros cúbicos. De acordo com o Portal Hidrológico do Ceará, dos 155 açudes monitorados, 105 estão com volume inferior a 30%. Apenas dois tem o volume acima de 90%: Jenipapo e Germinal. O maior reservatório do Ceará, o açude Castanhão opera apenas com 2% de sua capacidade hídrica. Situação crítica também para o segundo maior, o Orós, que está com 5,5%.

As chuvas de pré-estação no Ceará têm sido fortes nos últimos meses. Comparado o mesmo período de anos anteriores, dezembro de 2018 foi o mais chuvoso em 29 anos para aquele mês. O período terminou com um observado de 92.5 milímetros (mm). Em dezembro de 1989, foram registrados 138.2 mm. Novembro último também registrou chuvas acima da média histórica para o mês no Ceará, com um desvio de 246,1%. Durante o período, foi registrado precipitação, pelo menos, 117 das 184 cidades.

Para a quadra de 2019, já foi confirmado o El Niño - fenômeno associado a períodos de estiagem e caracterizado pelo aumento da temperatura das águas do Oceano Pacífico. Até agora, a tendência é de que o fenômeno seja de intensidade fraca a moderada.

Profetas

De acordo com 25 profetas da chuva, reunidos em 12 de Janeiro no município de Quixadá, distante 163,5 km de Fortaleza, o Estado deve ter inverno dentro da média este ano. Um dos profetas chegou à conclusão de que, apesar de chuvas regulares, a tendência é de que o inverno seja longo e se estenda até o final do mês de junho. O diagnóstico é feito a partir das percepções dos profetas, que utilizam saberes populares para prevê a intensidade da quadra chuvosa. 

2018

Em 2018. o prognóstico de chuvas para o trimeste foi positivo - o melhor previsto para os últimos 10 anos.O anúncio feito em janeiro daquele ano apontava probabilidade de 40% de chuva acima da média, 35% em torno do normal e 25% abaixo. Entre fevereiro e abril, o indície de precipitação foi 6,1% acima do esperado. Enquanto o normal para o período é 510,1 milímetros, o observado foi de 541,4 mm. Fonte: O Povo.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Bolsa Família tem novo calendário para pagamento do benefício em 2019

                                       


Bolsa Família tem novo calendário para pagamento do benefício em 2019. Beneficiários do Programa Bolsa Família podem consultar as datas de 2019 em que o pagamento estará disponível para saque. Para saber o dia em que o valor será creditado, a família cadastrada no programa deve consultar o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) impresso no cartão magnético vinculado à sua conta bancária do titular.

Depois de identificá-lo, deve consultar o calendário do programa, que indica, mês a mês, as datas em que a família poderá sacar o dinheiro. Os beneficiários que possuem o cartão com final 1, por exemplo, poderão efetuar a operação no primeiro dia de pagamento – 18 de janeiro -, enquanto aqueles com o final 2 poderão resgatar o recurso a partir do segundo dia do cronograma – 21 de janeiro – e assim por diante.

Segundo as regras do programa, os beneficiários têm até 90 dias para sacar a quantia a que têm direito. O benefício é pago de forma gradual nos dez últimos dias úteis de cada mês. Por isso, o primeiro período de lançamentos do programa será de 18 a 31 de janeiro. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social, somente em dezembro R$ 2,6 bilhões foram repassados para mais de 14,1 milhões de famílias em todo o país.

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda para as famílias inseridas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), contemplando famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza. Para participar, é necessário que as famílias comprovem renda mensal por pessoa de até R$ 89. Famílias com renda familiar mensal de até R$ 178 por pessoa e que sejam compostas por gestantes, crianças ou adolescentes também podem se candidatar.

Quem atender aos critério de renda e tiver interesse em se inscrever no Bolsa Família deve procurar seu representante local, na prefeitura da cidade onde reside, para se registrar no CadÚnico. Caso tenha dúvidas ou queira mais informações sobre o programa, é possível buscar atendimento pelo telefone 0800 707 2003, serviço oferecido pelo ministério. Fonte:Aconteceu Ipu.

                                 

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Funceme prevê chuvas nesta terça e quarta-feira, no Ceará

O Ceará vive a pré-estação chuvosa, que ocorre no último mês do ano e o primeiro do seguinte. Dezembro de 2018 foi o mais chuvoso dos últimos 29 anos, com 99,1 milímetros, 213,5% a mais que a média para o período, que é de 31,6%. Janeiro não começou com a mesma intensidade. Até aqui, foram registrados apenas 12,7 mm. A média é de 98,7. Essa realidade pode começar a mudar a partir desta terça-feira, segundo previsão da Fundação Cearense de Pesquisa e Meteorologia (Funceme).

Análises do órgão apontam para a influência da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) devido a uma maior proximidade desse sistema ao norte do Nordeste no decorrer da semana, o que contribuirá para a ocorrência de precipitações.

Diante do atual cenário, a Funceme prevê, para hoje e amanhã, tendência de nebulosidade variável, com chuva em todas as regiões. O órgão registrou nas últimas 24 horas precipitações em 22 municípios. A maior delas aconteceu em Ipueiras, com 17,4 mm. Fonte: Aconteceu Ipu.

Seguidores deste blog