terça-feira, 24 de junho de 2014

Seleção para professores visitantes

Abertas seleções de propostas para contratação de professores nacionais ou estrangeiros
Estão abertas as inscrições para a seleção de propostas para a contratação de professores visitantes nacionais e estrangeiros para os cursos de pós-graduação da UFC até 30 de setembro.  Nesta etapa, coordenadores interessados em ter esses professores em seu corpo docente devem apresentar suas propostas à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG).

Foram abertos dois editais. Um deles prevê inscrições para o posterior preenchimento de 10 vagas de Professor Visitante Nacional ou Estrangeiro. Entre os objetivos, estão "apoiar as unidades acadêmicas no aprimoramento de seus programas de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado)", o aprimoramento de Programas de Ensino, Pesquisa e Extensão e a participação de cientistas de alto nível nas equipes docentes e discentes da Instituição, visando ao intercâmbio científico-tecnológico. Informações sobre inscrições e outros detalhes no Edital nº 02/2014.

O outro edital prevê inscrições para o posterior preenchimento de duas vagas de Professor Visitante Nacional ou Estrangeiro – Foco Inovação. O edital também tem como um dos objetivos o aprimoramento de Programas de Ensino, Pesquisa e Extensão, porém com o foco em processos que "tragam técnicas inovadoras em áreas estratégicas da Instituição". Informações sobre inscrição e outros detalhes no Edital nº 03/2014.

As propostas selecionadas serão encaminhadas ao setor competente da UFC para dar início ao processo de seleção de candidatos junto às unidades acadêmicas.
Redação O POVO Online

segunda-feira, 16 de junho de 2014

3.055 vagas até R$ 10,8 mil no DF

Profissionais que completaram o ensino superior e possuem registro profissional no conselho da categoria a qual fazem parte podem se candidatar a 3.055 vagas abertas pela Secretaria de Estado de Administração Pública do Distrito Federal (SEAP/DF), incluindo empregos para a formação de cadastro reserva (CR). Do total, 20% das colocações são destinadas a pessoas que apresentem alguma deficiência.
As ofertas abrangem os cargos de cirurgião-dentista (92 + 138 CR); assistente social (38 + 56 CR); biólogo (3 + 4 CR); biomédico (4 + 6 CR); farmacêutico bioquímico para laboratório (52 + 78 CR); físico para as áreas de radiodiagnóstico (1 + 2 CR), radioterapia (1 + 1 CR) e medicina nuclear (1 + 2 CR); fisioterapeuta (51 + 76 CR); nutricionista (6 + 11 CR); psicólogo (62 + 93 CR); terapeuta ocupacional (22 + 32 CR); enfermeiro (218 + 328 CR); enfermeiro do trabalho (6 + 9 CR); e médico (665 + 997 CR), em diversas especialidades.
As jornadas semanais de trabalho são de 20 horas, com salário entre R$ 2.592,48 e R$ 10.814,50.
 
Como participar

Para se inscrever é preciso pagar a taxa de R$ 42 e preencher a ficha do concurso no site www.Iades.Com.Br das 8h de 16 de junho até as 22h de 23 de julho. As provas objetivas serão realizadas no dia 7 de setembro no Distrito Federal. Os exames poderão ser aplicados pela manhã ou à tarde, de acordo com o cargo pretendido.

terça-feira, 10 de junho de 2014

CONCURSO PARA A POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL

CONCURSO PARA A POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL
Mais uma ótima oportunidade de ingresso na área de segurança pública. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encaminhou, no último dia 30 de maio, solicitação de concurso ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) para o preenchimento de 1.500 vagas para o cargo de policial rodoviário federal.
O pedido do concurso já passou pela Assessoria Técnica e Administrativa, Secretaria Executiva, Secretaria de Gestão Pública e, desde o último dia 3 de junho, está no gabinete da Secretaria de Gestão Pública do MPOG.
Para concorrer ao cargo é necessário possuir curso de nível superior em qualquer área de formação e carteira de habilitação a partir da categoria "B". A remuneração inicial da carreira é de R$ 6.418,25, com jornada de 40 horas semanais.
Entre as atribuições do cargo, os servidores desenvolverão atividades de natureza policial envolvendo fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vitimas de acidentes rodoviário e demais atribuições com a área operacional do Departamento de Polícia Rodoviária Federal.
Durante o exercício, o servidor conta com melhorias salariais. Ao ingressar, na terceira classe, após o padrão inicial, a carreira conta com mais dois padrões, com remunerações, respectivamente, de R$ 6.482,43 e R$ 6.547,26. Na segunda classe, a carreira conta com seis padrões, que vão de R$ 7.830,27 a R$ 8.229,69. Na primeira classe são mais seis, de R$ 8.942,59 a R$ 11.65,15.
Último concurso
O último concurso para o cargo ocorreu em 2013 e foi organizado pelo Cespe/UnB. Ao todo foram registrados 109.769 inscritos para um total de 1.000 oportunidades.
A seleção contou com prova objetiva, exame discursivo, teste de capacidade física, avaliação de saúde, avaliação psicológica, investigação social e análise de títulos.
A parte objetiva contou com 120 itens, sendo 50 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos.