segunda-feira, 17 de abril de 2017


      A tarde desta  sexta-feira santa, 14 de abril, foi marcada pelo silêncio e reflexão dos momentos dolorosos de Jesus por toda a humanidade. A celebração da Paixão do Senhor teve início na Igreja matriz de São Sebastião com os ritos da Sexta-feira Santa e seguiu em Procissão para a Igrejinha (Nossa Senhora do Desterro) onde houve o encerramento.
                                       O que acontece nessa celebração?
      O sacerdote inicia a celebração de forma silenciosa, aproxima-se do altar, prosta-se por alguns instantes, ocorre a primeira parte da celebração com a Liturgia da Palavra (onde se realiza a  narrativa da Paixão de nosso Senhor Jesus Cristo), logo após a homilia se realiza a Oração Universal (momento em que eleva orações e súplicas a Deus pela igreja e pelos fiéis);
      Na segunda parte da celebração, os fieis são chamados a fazer sua adoração de Jesus na Cruz, o sacerdote vai desvelando a cruz e cantando três vezes: eis o lenho da cruz do qual pendeu a salvação do mundo; a assembleia responde: Vinde Adoremos! Os fiéis com muito respeito e devoção beijam a cruz.
       A terceira parte da celebração da paixão de Jesus é o Rito da Comunhão onde os fiéis recebem o pão eucarístico consagrado na missa de ontem.
       Ao final da celebração, se realiza a Procissão solene com o Senhor Morto.

                               Sexta-feira da Paixão em Ipu 
                                                        Fonte: Paróquia de São Sebastião

Seguidores deste blog